quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Um carente em teu abrigo


Raul Los Dias

Eu tinha frio
E você me agasalhou
Me pôs para dentro
Deu-me o teu quente
Tirou-me do vento
Aninhou-me no teu bom

Eu tinha fome
E você me serviu
Deu-me toda/ tudo
Colocou-me a mesa
O prato principal e a sobremesa

Eu tinha sede
Você me abriu tuas fontes
Deu-me da tua seiva
Do teu leite
Deu-me o bico em desfrute

Eu tinha sono
E você me deu o leito
Colocou-me na rede
Deitou-se comigo
Aconchegou-me em abrigo

4 comentários:

DocePecado disse...

Simplesmente delicioso e terno ...

Adorei !

Beijos doces

Fragmentos Intemporais disse...

Acolhedor!

EROTICAMENTE FALANDO

http://eroticamentefalando.blogspot.com

APROVOU

T I N I N disse...

Super quente seu Blog!
Adorei de verdade!
Beijos
T I N I N

DarkRapunzel disse...

Quantas vezes encontramos um desconhecido que nos da mais abrigo, aconchego.... do que alguem que nos conhece....
As vezes o desconhecido é bem mais apetecido...
Parabens pelo blog...

Beijos...

Darkrapunzel